Pesquisar este blog

quinta-feira, 18 de setembro de 2003

Banalização do MP3

Vamos lá. Pretendo começar com algumas opiniões que publiquei no site CentralMP3 a respeito de MP3 e que gostaria de deixar registrado aqui. Lá vai:

Avancemos uns 10 anos no tempo. Daqui a 10 anos os HDs já terão pra lá de 1 terabyte de memória, o acesso a Internet terá alguns Mbps de velocidade e o MP3, que tem resolução que atinge o limite do ouvido humano, terá os mesmos míseros 3,5MB. Isso faz com que inevitavelmente o problema das gravadoras se agrave a cada novo lançamento, pois um arquivo MP3 daqui a menos de 10 anos será igual ao que hoje é o MID, e será praticamente impossível impedir as pessoas de embutir músicas em suas home pages, blogs e cartões virtuais ou enviar pelo email "de brincadeira" para um amigo. Os players portáteis serão do tamanho de uma caixa de fósforos a preço de rádinho de pilha e terão todas as músicas prediletas dos usuários. Nem a indústria do software passa por um problema tão grave, pois a cada nova versão de um programa, o tamanho aumenta, o que exige sempre mais CDs de instalação. Já a música tem sempre o mesmo tamanho, por isso há essa tendencia a uma banalização cada vez maior. O que eu acho é que as gravadoras estão realmente tentando aproveitar enquanto ainda podem para ganhar alguma coisa, pois diante dessa previsão elas já devem saber que um dia a fonte da venda de trilhas diretamente ao consumidor final irá secar. Não há como impedir o avanço tecnológico.
- Enviado por Marco Mugnatto Macedo - quarta, 17 de setembro de 2003, 22h09min

Outra, dessa vez sobre o Itunes da Apple. O titulo da noticia era "Loja virtual da Apple vende 10 milhões de músicas":

Sinceramente, eu desconfio que esse Itunes dá certo temporariamente, pois tenho fortes suspeitas de que ele dá certo porque é da Apple para usuários Macintosh only. Usuário de Macintosh geralmente é um bicho fanático (não me levem a mal) que compra tudo que a Apple lança para o mesmo, por uma simples questão de amor a essa linha de computadores. Tenho minhas dúvidas se a versão para Windows irá atrair tanta gente, e talvez a existencia dela fará com que os MacManiacos deixem de sentir o gostinho da exclusividade, desanimando de usar o produto. Just my toughts...
- Enviado por Marco Mugnatto Macedo - quarta, 17 de setembro de 2003, 23h09min

Nenhum comentário: