Pesquisar este blog

terça-feira, 13 de dezembro de 2005

Mais uma vantagem do software via Web

Durante os anos 90 eu apostava como tudo iria convergir para o computador e seus acessórios, o equipamento de som, a TV, o jornal, a fotografia, etc. E eis que saltamos dos beeps do speaker e fotos em 320x200 com 256 cores para a febre dos kits multimídia, INternet, MP3 e as câmeras digitais. Hoje nos anos 2000 a minha aposta é em tudo que já está dentro do computador ir para dentro da Internet, tal qual escrevi em 2002 nas minhas previsões, que podem ser lidas no meu blog, aonde eu cito as vantagens de se rodar aplicações via Web:

- Rodam a partir da Internet, não sendo necessário baixar nem instalar nada.
- Atualizações do software automáticas e transparentes para o usuário.
- Dados e configurações salvas no servidor, podendo ser acessados onde quer que se esteja.

Mas o motivo deste post é registrar mais uma vantagem que pensei hoje e que pode ser outro fator decisivo nessa tendência, e que pode talvez marcar o fim de muitos dos monopólios hoje encontrados no mundo da computação. A vantagem é que, com as aplicações rodando na Web, todo mundo já tem, digamos, "pré-instalados" em sua máquina, todos os softwares que rodam online. É o fim da pergunta "você tem tal software?". Tudo bem que muitos dos softwares online cobrarão taxas mensais para permitir seu uso, mas não haverão atritos para se rodar um equivalente gratuito, já que ele "já estará disponível" na máquina, basta abrir o browser e digitar o endereço, não precisando nem sequer baixar ou instalar nada. Se você escolher por exemplo usar uma hipotética versão online do OpenOffice, e seu documento só for compatível com o OpenOffice, poderá enviar o documento para quem quiser, sem se importar se a pessoa "tem ou não tem" o OpenOffice. Isso contrasta com a situação atual, aonde você é obrigado a criar o documento no Word por ser o único software que te dá a certeza de que o seu documento poderá ser lido e eventualmente alterado por todos, já que todo mundo tem Word. Será muito menos atrito para experimentar alternativas.

Nenhum comentário: