Pesquisar este blog

sábado, 13 de maio de 2006

heheh... gostei tanto da resposta que dei a alguem que comentou aqui no meu blog,

que resolvi postar na capa do mesmo:


Anônimo disse...
Bem, você já deve ter mudado de profissão ... pois só a 1a. previsão que li no teu Blog eu já vi que você não entendeu muito bem o mercado de tecnologia em Consumo ....

Não sou eu quem está dizendo ... mas os lucros de milhões de Dólares da Apple com o iTunes ...

JM

9:23 AM


Marco disse...
JM: você está enganado. Eu leio muita coisa a respeito, e o fato é que a Apple não tem lucro real com o iTunes. Ela na verdade usa o iTunes como chamariz para o player iPod, não a toa o único player capaz de tocar as músicas do iTunes, e esse sim dá um lucro estupendo para a Apple, que sempre foi historicamente uma empresa de hardware. O iTunes, embora tenha números relativamente grandiosos, ainda é ínfimo quando comparado as vendas de CDs, e mesmo assim ainda por cima é a única loja de venda de músicas em arquivo que obteve um certo sucesso, pois o segundo lugar, a Napster, já entrou em concordata e tudo. E pesquisas recentes mostram que o consumo de músicas no iTunes tem se estagnado (a escadada desde que foi lançado é vertiginosa, mas geralmente eles não mostram os números ano a ano, que indicam uma estagnação. É questão de procurar pesquisas menos parciais). No longo prazo, eu ainda aposto que a música em arquivo será cada vez mais "volátil", fácil de copiar, e portanto ninguem vai querer saber de esquemas de DRM e nem verá sentido em se pagar por esses arquivos. Mas posso sim estar errado, afinal minha profissão não é advinho, mas sim desenvolvedor de sistemas que gosta de emitir umas opiniões. Não conheço nenhum colunista de informática que não tenha cometido erros grosseiros.

10:18 AM

2 comentários:

cazakin disse...

iTunes fede.

Marco Mugnatto disse...

Ah... não tem player melhor que Winamp não... Mas o cara se referia a loja de downloads, que não tem no Brasil...