Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de setembro de 2006

E a música está se tornando gratuita

Essa eu posso estufar o peito pra dizer que fui um dos poucos a prever com todas as letras, e há vários anos atrás. Passamos por uma época em que muitos diziam que as músicas continuariam em CDs, por outra em que diziam que o download pago é que iria vingar, mas, por incrível que pareça, nunca vi ninguém dizer que as músicas seriam oferecidas gratuitamente, só eu. O que as pessoas sempre insistem é que "basta baixar os preços" (dos CDs ou dos downloads). E eu sempre respondi que MP3 não tem nada a ver com preço, mas sim com evolução tecnológica, com facilidade cada vez maior para se obter música. Dessa vez é a EMI -segundo ela, dona do maior catálogo do mundo- que anunciou um serviço para download gratuito de músicas. No entanto muita água ainda vai rolar. Isso é apenas o início, já que as músicas da EMI virão com proteções DRM que exibirão propagandas para o usuário e não permitirão o uso das músicas em outros dispositivos. Por esse motivo, no meu ver o serviço está fadado a não durar muito tempo. Repetindo a minha "lógica científica", o MP3 é um dos poucos tipos de arquivo na história da informática que nunca cresce em espaço ocupado na memória, ficando portanto cada vez mais "volátil" conforme as memórias aumentam e as conexões ficam mais rápidas, o que fatalmente fará com que as pessoas vejam cada vez menos sentido em se enfrentar qualquer mínimo atrito na cópia de músicas, tal como sair de casa, procurar música em estantes, pagar por cada faixa, aguentar DRMs, etc.                                                                           

Nenhum comentário: