Pesquisar este blog

sábado, 23 de dezembro de 2006

Reflexões sobre o download de MP3

O MeioBit publicou um artigo citando a comparação feita pela cantora Daniela Mercury entre o download de MP3 e o roubo de carros e assaltos a supermercados. Decidi blogar o comentário que deixei lá, que mostra meus questionamentos a respeito:

Tem duas coisas que, certas ou erradas, são verdadeiras:

1- Mesmo se não se vendesse CD nenhum, música jamais deixaria de existir por isso, PRINCIPALMENTE a de qualidade, aquela diferente do modismo que é empurrado pensando-se apenas no lucro.

2- Daniela não deixaria de ser rica, mesmo que não vendesse 1 CD sequer. Ela tem agenda lotada de shows a ingressos salgados e vive fazendo propagandas para a TV, aonde certamente ganha uma baba em cada uma delas.

Colocados esses dois pontos, questiono: será que esse repúdio ao MP3 não é só questão de estar "perdendo algo que se tinha e não se tem mais"? Daniela deve ter vários "discos de ouro" e tal, e por isso não consegue mais viver sem o saborzinho de vender suas gravações a rodo. Mas será que os novos artistas, que nunca venderam CDs, vão sentir falta disso? Será que o MP3 não vai ser um grande aliado deles para divulgar seu trabalho, o que posteriormente poderá resultar em shows ao vivo e merchandising do mesmo jeito?

E depois que temos que pensar também pelo lado de que talvez seja até mais correto o artista ganhar mais quando fizer shows ao vivo, ou seja, para mostrar trabalho de verdade, e não simplesmente fazendo uma gravação que depois é re-vendida pelo resto da vida.

Porque não fazer como a indústria de software? Porque não apertar o cerco em relação a quem ganha dinheiro com a música dos outros, como por exemplo as boates? Que eu saiba pela lei as boates já tem obrigação de pagar royalties pelas músicas que tocam, embora nem sempre o façam. Nada mais justo, já que essas empresas estão lucrando com as músicas que tocam para seus clientes.

2 comentários:

Paulino Michelazzo disse...

Lobão provou que é possível fazer dinheiro (e muito) sem as gravadoras insanas que existem. A questão da Daniela Mercury é pior ainda que o Metallica pois pelo menos a banda de rock possui milhões de fãs fiéis enquanto ela, depois de passear por tudo que é brega e esquecer suas raízes devido a ganância, agora reclama o leite derramado.

Ela deveria de assistir o vídeo do Korn "Ya'll Want A Single" e deixar de reclamar. Ou ainda fazer uma plástica no Pitanguy para posar nua em alguma revista masculina. Pode ser que seus dotes artísticos sejam outros hoje em dia...

Diego Ciconi disse...

Oi Marco,

Acho que o blogger não permite trackback, neh? Se eu estiver enganado me avise.

Bem, fiz um post no meu blog sobre esse assunto e uma referencia a vc, depois da uma lida:
http://diegociconi.com/2006/12/26/arte-nao-se-rouba/

Abraços.